Fale Conosco  
 
 
 
Sexta-Feira, 19 de janeiro de 2018
12-01-2018
Menor oferta global e competitividade sustentaram exportação de carne bovina em 2017

A receita cambial de 2017 somou US$ 5,088 bilhões, alta de 17% em comparação com o ano anterior

Baixa disponibilidade de carne bovina no Exterior e a forte competitividade brasileira no mercado internacional sustentaram o desempenho das exportações do País no ano passado, informa o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP). "Ainda que 2017 tenha sido um ano bastante conturbado para a pecuária nacional, as exportações brasileiras de carne bovina in natura surpreenderam e trouxeram certo alívio ao setor", diz o Cepea em relatório sobre o setor antecipado ao Broadcast Agro, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

A receita cambial de 2017 somou US$ 5,088 bilhões, alta de 17% em comparação com o ano anterior. "Trata-se da terceira maior receita em dólar, atrás apenas de 2014 (de US$ 5,794 bilhões) e da de 2013 (de US$ 5,320 bilhões)", mostra o relatório.

Quanto ao volume, foram embarcadas 1,21 milhão de toneladas de carne bovina in natura, 12,35% a mais que no ano anterior e o quarto melhor desempenho da história, afirma o Cepea. Em relação ao preço pago por tonelada da carne, a média de 2017 foi de US$ 4.195,93 a tonelada, 3,53% acima da do ano anterior.

Texto: Globo Rural, com informações de Estadão Conteúdo.

 
 
             

Rua Apeninos, 1.088 - Paraíso - São Paulo
Cep: 04104-021 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.