Segunda-Feira, 16 de setembro de 2019
06-03-2009
Leite: Produção completa 5 meses seguidos de queda

Os preços do leite pagos aos produtores se mantiveram estáveis no mês de fevereiro, referente à produção de janeiro, segundo levantamento divulgado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq-USP) e ficaram dentro das expectativas do mercado. Este é o terceiro mês consecutivo que os preços médios aos produtores se mantêm sem alterações significativas.
No entanto, o que chamou a atenção dos pesquisadores no mês passado foi que, apesar de estável, o nível dos preços não estimula a produção. Em janeiro, pela primeira vez no histórico do Índice de Captação de Leite (ICAP-L) do Cepea (iniciado em junho de 2004), o volume captado em um mês registra queda em relação ao mesmo período do ano anterior, configurando-se em cinco meses consecutivos de redução.
Apesar do volume de chuvas na maioria das regiões leiteiras, o ICAP-L/Cepea aponta uma redução de 1,25% na produção de janeiro, em relação a dezembro de 2008 e de 8% na comparação com janeiro do ano passado. Nesse cenário, a redução da oferta tem gerado expectativa de aumento dos preços.
Preços - Na média ponderada dos sete Estados considerados para a composição da "média Brasil" (RS, SC, PR, SP, MG, GO e BA), o preço bruto (sem o desconto do frete e de 2,3% da CESSR) de fevereiro, referente ao leite entregue em janeiro, foi de R$ 0, 5981/litro, alta de 0,21% sobre janeiro. Também nesses sete Estados, as variações foram pequenas, indo de -0,02% no Rio Grande do Sul a +1,06% no Paraná. Comparando-se a média atual à calculada com os valores deflacionados de fevereiro dos últimos oito anos (2001 a 2008), o preço hoje é 7,6% superior.

Fonte: Portal DBO, acesso em 06/03/2009

 
 
             

Rua Vergueiro, 1753/1759 - 4° e 5° andares -
Vila Mariana - São Paulo
Cep: 04101-000 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.