Sexta-Feira, 6 de dezembro de 2019
16-03-2009
Indústria: Governo vai ajudar os frigoríficos em dificuldades financeiras

Os prejuízos da Sadia com derivativos e o pedido de recuperação judicial do frigorífico Independência foram fatores determinantes para a ação do governo. Segundo o jornal Valor Econômico, BNDES e Banco do Brasil vão reforçar o capital de giro das empresas com uma linha de até R$ 1,2 bilhão. A ajuda também viria por meio de empréstimos para estocagem (EGF e LEC) da produção de carne em até R$ 20 milhões por empresa. Outra linha de crédito de R$ 2,5 bilhões prevê o repasse, com o compromisso de recompra, de parte das carteiras de recebíveis das agroindústrias - como Cédulas de Produto Rural (CPR) - em garantia das operações.
O caminho foi aberto pela aprovação de uma medida provisória no Senado, na quarta-feira, e será mantida com financiamento para capital de giro a pelo menos 18 empresas. Em reunião com ministros e dirigentes de bancos sobre cenários do agronegócio em 2009, no último dia 4 de março, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou ajudar os frigoríficos para evitar o aprofundamento das dificuldades na cadeia produtiva.
O presidente Lula pediu também ao BNDES que estudasse a retomada de novo aporte de capital no Independência. A medida, que irrigaria o caixa da empresa em R$ 200 milhões, foi suspensa justamente pelo pedido de recuperação judicial. O frigorífico já havia recebido R$ 250 milhões em subscrição de ações. O BNDES tem entre 11% e 13% do capital do Independência.

Fonte: Portal DBO, acesso em 16/03/2009

 
 
             

Rua Vergueiro, 1753/1759 - 4° e 5° andares -
Vila Mariana - São Paulo
Cep: 04101-000 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.