Domingo, 8 de dezembro de 2019
23-03-2009
Cães e gatos de Santos (SP) podem ir à praia somente no colo dos donos

A presença de cães e de gatos nas praias de Santos (litoral de São Paulo) passou a ser permitida somente no colo de seus proprietários. A Câmara propôs a modificação de uma lei de 1968, que proibia cachorro na areia ou na água do mar. Agora, a proibição se estende para os gatos, mas ambos podem dar o passeio na praia, desde que sejam carregados pelos donos.
A fiscalização fica a cargo, principalmente, da Guarda Municipal e das câmeras da prefeitura. Quem for pego desrespeitando a lei pode ser multado. Dependendo da situação, o animal pode ser recolhido pela prefeitura.
"A questão é que o proprietário tem de respeitar não só o animal, mas também o próximo e o meio ambiente", disse Rita Caramez, responsável pela Coordenadoria de Proteção à Vida Animal, da Secretaria de Meio Ambiente.
Segundo a coordenadora, a nova regra também beneficia os donos de cães, que antes nem sequer podiam levar seus animais para a praia. "Ele vai poder ter o prazer de levar seu animal, mas respeitando quem não gosta de bichos na areia", disse.
No entanto, os proprietários de cães de raças de grande porte terão de encontrar um meio de poder passear com seus animais, sem deixá-los andar pela areia.
O Código de Posturas da Prefeitura de Santos, de 1968 prevê a proibição de animais nas praias para evitar o risco de risco de transmissão de doenças pelas fezes desses bichos, como a larva migrans (bicho geográfico), e até doenças mais graves, como a larva visceral.
A lei complementar entrou em vigor na última terça-feira (17).

 
 
             

Rua Vergueiro, 1753/1759 - 4° e 5° andares -
Vila Mariana - São Paulo
Cep: 04101-000 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.