Terça-Feira, 23 de julho de 2019
27-04-2009
UE pede que turistas evitem áreas afetadas por gripe suína

A comissária de Saúde da União Europeia (UE), Androulla Vassiliou, pediu nesta segunda-feira que os turistas evitem viajar a áreas afetadas pela gripe suína. A doença já matou 22 pessoas no México e há casos confirmados na Espanha, Canadá e Estados Unidos.
A UE não emitiu nenhum comunicado com instruções formais aos viajantes, mas afirmou que os especialistas de saúde dos países do bloco discutirão modos de prevenir uma epidemia europeia do vírus na tarde desta segunda-feira.
A gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1. Ele é transmitido de pessoa para pessoa e tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, com febre superior a 39ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal, mas com vômitos e diarreia mais severos.
"Pessoalmente, eu tentaria evitar viagens não essenciais às áreas com casos relatados", disse Vassiliou, em comunicado gravado em Luxemburgo e transmitido a repórteres em Bruxelas. "Eles deveriam evitar viajar ao México ou Estados Unidos a menos que seja muito urgente", disse.

Cuba
O governo cubano afirmou nesta segunda-feira que limitará as viagens para e procedentes do México como uma das medidas para prevenir um surto de gripe suína no país. A ilha, contudo, ainda não tem nenhum caso registrado.
O comunicado do governo não especificou, contudo, se o grande número de voos entre Havana e a capital mexicana e Havana e Cancun serão reduzidos ou completamente interrompidos.
O comunicado aconselhava ainda aos cubanos lavar as mãos frequentemente e cobrir boca e nariz com lenços quando espirrarem ou tossirem.

Rússia
A Rússia anunciou nesta segunda-feira que vai inspecionar todos os aviões procedentes do continente americano em consequência da epidemia de gripe suína --uma medida que até agora era aplicada apenas aos voos procedentes do México e dos EUA.
"A partir de hoje [segunda-feira] vamos inspecionar todas as aeronaves que chegam do continente americano para evitar ao máximo a possibilidade de introdução da gripe na Rússia", afirmou Guennadi Onichenko, diretor dos serviços de saúde de Moscou.
A Rússia já havia anunciado neste domingo a proibição das importações de carne dos EUA e do México, assim como de vários países da América Central. O consumo de carne suína, contudo, não transmite a doença, passada de ser humano para ser humano através do ar.

Surto
O ministro de Saúde do México, José Ángel Córdova Villalobos, anunciou neste domingo que há ao menos 103 mortes por suspeita de gripe suína no país. As mortes confirmadas, contudo, são 22. O ministro disse ainda que 1.614 pessoas infectadas.
Os EUA já confirmaram 20 casos de contaminação pelo vírus e declararam estado de emergência sanitária no país. No Canadá, há sete casos confirmados da doença.
A Espanha confirmou nesta segunda-feira o primeiro caso da doença no país, ampliando os temores de que a epidemia chegue ao continente europeu. Segundo a ministra de Saúde do país, Trinidad Jiménez, o paciente visitou o México recentemente e está sendo atendido de acordo com os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Há ainda suspeitas de 13 pessoas infectadas na Nova Zelândia --estudantes e professores que voltaram de viagem recente ao México-- e uma em Israel.
O
ministério francês da Saúde confirmou nesta segunda-feira que o país não tem nenhum caso suspeito de gripe suína, já que o último dos quatro casos investigados neste domingo apresentou resultado negativo.
Os ministros da Saúde da UE devem se reunir na tarde da próxima quinta-feira (30) para discutir a doença. "A presidência considera que é de grande importância uma resposta coordenada da UE para o surto", disse a Presidência da organização, na República Tcheca.
O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, afirmou a repórteres na Grécia que ainda é muito cedo para especular. "Nós estamos acompanhando a situação de muito perto, junto aos países membros".

Fonte: Folha Online, acesso em 27/04/2009

 
 
             

Rua Vergueiro, 1753/1759 - 4° e 5° andares -
Vila Mariana - São Paulo
Cep: 04101-000 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.