Segunda-Feira, 22 de julho de 2019
04-05-2009
Agricultura apoia investigação de suspeita de fraude na importação de leite da Argentina

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apoia a decisão do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) de investigar suspeita de fraude na importação de leite em pó oriundo da Argentina. A decisão atende a solicitação da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). A investigação do Departamento de Defesa Comercial do MDIC vai averiguar eventual prática de subfaturamento e triangulação (quando o país exporta como seu o produto originário de outro país) na importação de lácteos provenientes do país vizinho.
Desde o início do ano, o Ministério da Agricultura tem acompanhado o aumento expressivo das compras de leite em pó argentino que tem provocado queda nos preços praticados para o produtor brasileiro. Dados da balança comercial do agronegócio mostram que, no primeiro trimestre de 2009, o Brasil importou 21,5 mil toneladas de leite em pó da Argentina, equivalente ao volume comprado em 2008. Comparado ao primeiro trimestre de 2008, o volume aumentou 285%.
“É inadmissível a importação de lácteos com preços inferiores aos praticados no mercado internacional, como ocorreu no primeiro trimestre deste ano”, afirmou o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes. No período, houve compras de leite em pó argentino cotados a US$ 1,7 mil por tonelada enquanto o mercado internacional praticava valores acima de US$ 2 mil.
O MDIC investigará as denúncias que se comprovados os indícios, serão adotadas as medidas necessárias, inclusive a implantação de licenças não automáticas para averiguar a origem e os preços dos produtos lácteos importados.

Fonte: MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – 04/05/2009

 
 
             

Rua Vergueiro, 1753/1759 - 4° e 5° andares -
Vila Mariana - São Paulo
Cep: 04101-000 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.