Quarta-Feira, 18 de setembro de 2019
06-09-2019
Dia da Memória Pet: nova relação com os tutores impulsiona serviços funerários para animais

Data (08/09) foi estabelecida pela Assembleia Legislativa em 2018

Texto: Assessoria de Comunicação do CRMV-SP

Comemorado há mais de 40 anos nos Estados Unidos e na Europa, o Pet Memorial Day passou a integrar o calendário oficial do Estado de São Paulo em 2018. A data, 08/09, estabelecida pela Assembleia Legislativa, sinaliza a importância dos animais de estimação para as famílias e a necessidade de destinação correta ao corpo, fatores que aquecem o mercado de serviços funerários voltados aos pets.

A médica-veterinária Rosangela Ribeiro Gebara, integrante da Comissão Técnica de Bem-estar Animal do CRMV-SP, lembra que a prática de enterrar os pets reporta ao Egito Antigo, quando os animais de estimação de faraós eram depositados no mesmo sarcófago. “Nada mais natural do que render homenagem àqueles que nos acompanharam por anos. Vários países, incluindo a Argentina, criaram espaços apropriados, dentro ou fora dos cemitérios humanos, para os pets.”

Além do aspecto sentimental, o médico-veterinário Luiz Henrique Guimarães Franco, gerente de relacionamento de um crematório de animais em São Bernardo do Campo (SP), destaca que fatores sanitários e ambientais impulsionam o crescimento do segmento da cremação, em que não há resíduos contaminantes e não requer despesa posterior com a manutenção do túmulo.

O mercado oferece, ainda, seguros funerários que podem ser contratados em vida e no pós-morte. Há opção de enterro e cremação, com remoção e transporte do corpo, funeral, emissão de certificados de incineração e até apoio psicológico para os tutores. “É importante que os médicos-veterinários orientem os tutores sobre o serviço funerário, sobretudo quando estão diante de casos graves”, comenta Gebara.

Crescimento é de pelo menos 20% ao ano

Um levantamento recente realizado pelo Sindicato dos Cemitérios e Crematórios Particulares do Brasil (Sincep), que agrega os segmentos humano e animal, e pela Federação do Comércio (Fecomercio), estima crescimento anual de aproximadamente 20% no setor pet. Para crematórios, o acréscimo pode ser ainda maior, de acordo com o proprietário de indústria de fornos para cremação, Rolando Nogueira.

Para se ter uma ideia, segundo o médico-veterinário Luiz Henrique Guimarães Franco, gerente de relacionamento de um crematório de animais em São Bernardo do Campo (SP), a empresa realiza, em média, 650 cremações por mês.

“A estimativa é que haja 70 estabelecimentos, entre cemitérios e crematórios, voltados ao segmento pet, espalhados pelo Brasil. Inscritos no Sincep são 27”, menciona a diretora do sindicato, Vanessa Azevedo. Para atender a demanda, o Sincep oferece consultoria sobre investimentos, custos e legislação, além de cursos de capacitação para a qualificação da mão de obra.

 
 
             

Rua Vergueiro, 1753/1759 - 4° e 5° andares -
Vila Mariana - São Paulo
Cep: 04101-000 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.