Terça-Feira, 20 de abril de 2021
29-03-2021
CRMV-SP atua para que médicos-veterinários sejam imunizados contra a Covid-19

Regional entra na Justiça para que vacinação seja garantida

A pandemia da Covid-19 tem feito com que a população passe por momentos extremamente difíceis e o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), tem recebido com tristeza a informação de colegas contaminados e vidas ceifadas por essa doença terrível.

Depois de todos os esforços já realizados para garantir que todos os profissionais médicos-veterinários continuem seu trabalho com segurança, sendo imunizados dentro do grupo prioritário de profissionais da saúde, ao Conselho não restou outra opção, que não a de judicializar a questão, entrando com ações em diversos municípios, assim como na Justiça Federal de São Paulo.

É fundamental que, nos planos estadual e municipais de imunização, os médicos-veterinários estejam contemplados, uma vez que prestam relevantes serviços à saúde pública e animal, assim como para a produção de alimentos.

Temos recebido relatos de colegas excluídos da lista de profissionais de saúde, em alguns municípios do estado e barrados no momento da vacinação, apesar de serem reconhecidos pelo Conselho Nacional de Saúde desde a década de 1990 e integrarem desde 2011 as equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) do Sistema Único de Saúde (SUS).

Assim como também terem sido fomos convocados, em 2020, pelo Ministério da Saúde para o cadastramento e capacitação para o enfrentamento à pandemia, e lembrados no Plano Nacional de vacinação contra a Covid-19.

Diante da situação, o CRMV-SP já havia imediatamente encaminhado ofício ao Governador do Estado esclarecendo o papel essencial do médico-veterinário para a saúde pública, além de oficiar prefeitos e secretários municipais de 50 municípios, a fim de garantir o direito dos profissionais.

Apoiamos o abaixo-assinado criado Associação Brasileira de Hospitais Veterinários (ABHV), juntamente com a Federação das Entidades Veterinárias Regionais do Estado de São Paulo (Feveresp) e a Academia Brasileira de Medicina Veterinária Intensiva (BVECCS), com o objetivo de pressionarmos político-administrativamente ainda mais as autoridades para que os médicos-veterinários sejam de fato imunizados dentro do grupo prioritário de profissionais da saúde que somos.

O Conselho continuará lutando, neste momento acionando a classe política para nos ajudar.

Durante toda a pandemia, os serviços e atividades dos médicos-veterinários não pararam, garantindo a saúde e o bem-estar animal, assim como o alimento à mesa dos brasileiros e a continuidade das exportações do agronegócio, evitando riscos epidemiológicos, econômicos e de desabastecimento com impacto inimaginável a população e ao País.

Não se trata, de maneira alguma, de furar fila ou tirar doses dos idosos e daqueles que estão atuando em contato direto com pacientes acometidos pela Covid-19, mas sim de reconhecer a importância do médico-veterinário, em virtude da sua obrigação sanitária e de bem servir a toda a sociedade. Precisamos ter orgulho da profissão.

O CRMV-SP conta com o apoio de todos regionalmente neste movimento e espera, em breve, ter boas novas para a classe médica-veterinária paulista.

 
 
             

Rua Vergueiro, 1753/1759 - 4° e 5° andares -
Vila Mariana - São Paulo
Cep: 04101-000 - SP   [Mapa]

Fone: (11) 5908 4799 - Fax: (11) 5084 4907
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 16h

   
 
Copyright 2006-2009 © CRMVSP. Todos os direitos reservados.